27 de set de 2009

De estilhaço e de aço


Ele cuspiu no braço dela e sorriu com o piercing no lábio que só faz sorrir.Talvez por conta daquele cabelo enorme com pontas para todos os lados. Loiro e laranja, seco e desajeitado.
Talvez ele cuspiu, pois ela era gorda e usava uma calça de zebra colada, que lhe marcava cada vinco, cada rachadura, cada cicatriz.
Ele cuspiu no braço dela e sorriu enquanto o metrô enchia de gente e olhava aquela peruca bicolor.
O sorriso dela se apagou sob os olhos pintados de preto. Ele sentou ainda sorrindo.
Lentamente, eu vi a mão dela limpar o cuspe. Disfarçadamente. Como se arrancasse a pele.
Eu vi tudo isso.
Vi o olhar dela feito pedra acompanhar os vultos do metrô. Ele cuspiu na força com que ela segurava a barra.
Ela endireitou o corpo e ficou mais ereta do que nunca.
Eu fiquei com vergonha e olhei para dentro de mim querendo perder os poderes, perder as energias e a força.
Também quis chorar com ela.
Mas, eu também não consegui.
Sem perceber, estava ereta em meu assento.
Só esperando o primeiro julgamento.
Quem me sentenciou, fui eu.

18 de set de 2009

Contrariando expectativas

Bom dia, alegria!

Hoje é sexta-feira, 18 de setembro, e o sol is shinning! Segunda acordei com uma gripe que muito se assemelha à gripe A(H1N1)... Se peguei, f*u, pois já contaminei o trabalho, a faculdade e todos que passaram ao meu lado.

Não consegui ir aos treinos de handebol por causa do trabalho. Não consegui ir às aulas da faculdade por causa do trabalho. Trabalhei feito uma louca, pensei na fome das crianças na África, na minha melhor amiga que vai casar de verde, na minha vida que pode acabar sem meu pulmão, nos ônibus lotados, no semestre todo que vem pela frente e...

Começa mais um dia, everybody!

Hoje é sexta-feira, 18 de setembro, e perdi a balada da faculdade por causa do trabalho e do meu pulmão congestionado...

Então, para quem começa o dia nessa mesma alegria que eu, aí vai a Solange! Dica do Rafa, que como eu, chama a fofa de "SOULEEEENGI":

15 de set de 2009

ms. brightside

Mais uma terça-feira editorial. Muito autor ligando, muito estagiário merdando, muito livro na gráfica.
Editor quando morre sobe direto pro céu, viu? Fica leve que é uma beleza, porque os pecados a gente paga por aqui mesmo.
A boa notícia do dia é que eu VOU no show do The Killers! Sim, venho aqui dividir a alegria de comprar meus primeiros ingressos pra um show, coisa que eu nunca fiz na minha adolescência perdida. Agora na lista das coisas que perdi na adolescência só falta o namorado abusivo, a amiga traíra, as drogas, vomitar na rua e sexo com estranhos aleatórios (hm... maybe not!)
Honestamente não sei ao certo o que me afastou dos shows até hoje, se foi a multidão, ou a falta de dinheiro, ou minha mãe que não sabe chegar em lugar nenhum da cidade - eu, na adolescência, quando ainda era country-girl-teen, só ia pros lugares dos quais eu soubesse voltar sozinha, caso ela precisasse me buscar seria O fuá, uma vez minha mãe tentou me levar na escola e acabou na Dutra indo pro Rio de Janeiro, depois disso nunca mais, nem pra buscar o diploma ela foi comigo - e numa situação dessas fica difícil ter 16 anos e ir pro Credicard Hall à noite, ou pra Chácara do Jockey. Mas acho que parte desse desinteresse foi ter tido uma turma muito grande, com amigas que sempre tinham uma casa e uma panela de brigadeiro para oferecer no fim de semana, a gente conseguia fazer a diversão do nosso mundinho.
Vamos para o show eu e o chuchuzón, que detesta a banda, mas também nunca foi num show, dois show-virgins, que lindo. Vamos ver quem vai reclamar mais, eu, por causa da muvuca ou ele, por todo o resto (ele não gosta de música alta, esse é o nível da solidariedade desse homem em me acompanhar). O show é dia 21 de novembro, até lá já decorei toda a discografia. Tomara que relembrem os velhos tempos e toquem essa e essa.

To preparando post nervosito feminista pra amanhã - to entre ele e o devaneio que tive sobre a separação entre digital e analógico. Eu queria ser leve todo dia, mas a minha parte engraçada é mais chata que a séria. Entediei só de ler esse post, então amanhã tem coisa séria!

14 de set de 2009

me perdoa!

(ela, abalativa como sempre, inspiradora)

Caras leitoras do Uma beleza de garota

Creio que vocês, os leitores, sejam apenas a Billie e o meu pai, mas enfim.

Aqui vos fala uma arrependida blogueira que não conseguiu honrar seu compromisso! Sabe como é, de repente seu condicionador para de funcionar, você fica obcecada pela nova música da Shakira, seu trabalho resolve pirar, as aulas voltam, acontece uma primavera dos livros, seu homem pega gripe suína e numa experiência que só quem vê o after life tem, ele resolve te pedir em casamento!

Pois é, vocês leram, a feminista que vos fala vai se casar no dia 31 de outubro, na flor da idade, mas já no bico do corvo da vadiagem. Casada eu já sou, mas o estado não reconhece quando eu falo que na verdade “a gente é tipo gêmeos siameses” no poupatempo, então vamos casar. Homem adora mulher doida e o chuchu, apesar de não corresponder à definição de “homem” (tipo que assiste futebol e coça o saco) não resistiu à toda a vergonha que eu já fiz ele passar, na verdade, como diria a Billie, achou MARAAA.

Feminista também casa meu povo, abalativamente, claro, com direito a festa em pizzaria, vestido de noiva verde, champagne cor-de-rosa e lua de mel em Paris.

Sim, você ouviu certo de novo, amiga leitora! A lua de mel é em Paris! Prometo retomar meu compromisso de escrever muito aqui no bloguinho do coração antes da viagem e mais ainda depois pra contar todo o loosho de roubar sanduíche de presunto no café da manhã do hotel pra poder almoçar.

Prometo jogar caneca na Monalisa, e na caneca estará escrito “ao uma beleza de garota e nossas irmãs neuróticas!”, ficaremos internacionais!

Venho renovar minha promessa, e, pra pagar minhas dívidas, prometo um post por dia!

Beijomeleia, yours truly,

Mary