23 de nov de 2008

Pequenas resoluções

Sábado, depois de rebocada da cama por chantagem de um café-da-manhã perfeito fui na "lojinha da Natura" rs*A loja pronta entrega da vendedora espertinha e simpática que leva todo nosso dinheiro. Cheguei e lá e descobri que trabalhar em revista feminina te faz ficar sem opções de compra...

But: no cantinho, abandonado, perto de "Marley & Eu", lá estava...

A versão de bolso de O Diário de Bridget Jones, the book.


Li em uma única noite desesperada por literatura mulherzinha e na esperança de encontrar contos de fadas modernos...
E vejo que sou de uma futilidade adolescente e de uma vontade absurda de corresponder às minhas expectativas que nem sei exatamente quais são, pois sou cria de uma geração que viu a decadência das nossas heroínas do Girl Power.

Se elas já não existem, fiquemos com as heroínas fictícias e tracemos nós, as nossas diretrizes, levantemos as nossas bandeiras e deixemos de lado o humor ácido e pervertido de certas espécimes do nosso cotidiano.
PS: No momento desejo comer flambados, acompanhados de vinho branco, tipos como Daniel Cleaver...

Nenhum comentário: