19 de mai de 2009

USP em greve - Versão 2009

Achei que deveria me manifestar em relação a greve da USP. Sei lá, essa coisa de movimento estudantil me deixa um pouco de saco cheio na maioria das vezes...



No primeiro ano de faculdade eu até fui às assembleias, às reuniões, li todos aqueles panfletos horríveis (e que não mudaram), votei, fui no raio da ocupação da reitoria entender o que estava rolando... Eu era uma bixete querendo entender tudo, e fiquei sem entender coisa alguma...


Então, aqui vai minha opinião objetiva, sincera e concisa sobre a greve da USP, agora que posso me considerar uma estudante madura:



Para opiniões sinceras, objetivas, verdadeiramente do fundo do coração, podem me mandar no twitter, pois não lerei nada com mais de 140 caracteres sobre o tema.

Uma Beleza de Garota - estimulando o debate das coisas úteis e inúteis...

2 comentários:

Anônimo disse...

Na greve, há mta política partidária extremista (responsável pela maior parte dos jornais e panfletos entregues), mas há mtos estudantes independentes e patidários ponderados nessa luta. Vc precisa saber onde se informar. Vc precisa participar dos espaços para debates (assembléia é lugar de decisão NÃO debate). Ser contra a greve pode ser uma posição, já negá-la é ser ignorante!

Mary V. disse...

Querido Anônimo,
Aceitei seu comentário só para poder comentar em cima (oh, ciclos viciosos!).
Mamãe deveria ter te ensinado um pouquinho de educação, entrar no blog de alguém e chamar a pessoa de ignorante é muita descompostura, se você for tão politizado como acha que é poderia ter escolhido argumento melhor do que esse, não acha?
O post não ignora a greve, mas levanta uma discussão que provavelmente muito lhe interessa: por que existe desinteresse geral de grande parte dos estudantes em relação à greve? Por que gente como a Billie foi vencida pelo cansaço? Do jeito que você fala parece preguiça da parte DELA ter "cansado" do assunto, ou ignorância (ela não sabe se informar... foi isso que você disse, certo?). Não seria a hora de pensar no tipo de abordagem política que existe no campus? Abordagem política não só da parte dos pró-greve, darling.

Volte sempre, pois é bem-vindo, mas limpe os pés antes de entrar.