24 de set de 2008

enquanto isso, na tpm...

bolo mesclado, casa comigo. vamos passear pelos campos, eu, você, a calda de chocolate e mais ninguém. vem me fazer feliz, bolo mesclado, que esse dia tá uma merda. te quiero bolito de dôs tchocolats. você sempre sabe me agradar, me provocar. não vê como é indecente esse brigadeiro escorrendo pelo canto? não posso mais esperar, meu contentamento descontente. je t'adore mon chocolate gâteau...

homem nenhum vale isso

Nenhum comentário: