29 de set de 2008

Esqueci...

Fui para o interior de SP no fim de semana. Aquela coisa linda, muita paz, muito verde, pude ler um livro até a metade, só que os problemas também são os mesmos... Cidade vazia à noite e cadê que eu encontro uma loja para comprar um celular?



Aaaaaaaaaaaaaaah, esqueci de dizer que perdi/roubaram meu celular...


Estava eu, voltando da baladinha sábado passado, e claro, com muitooooooo sono, "apaguei" no ônibus. Quando acordei, meu celular já não estava comigo. Liguei milhões de vezes, meus pais foram falar com o motorista, fui no outro dia ao Terminal Rodoviário, e necas...

Só tenho uma coisa a dizer:




Que quem ficou com ele, cuide com carinho. Pois pode ser a última coisa no mundo
que vai amar. Nunca se sabe quando pode ser atropelado, bater a cabeça na guia,
e ficar com ela presa no bueiro em um dia de enchente, sentindo a água invadir os
pulmões...


Aaaaaaaaaaaai...

Voltando para o interior... Meu vizinho teve um AVC. O cara é um gauchão que bota a costela para assar ao vento, anda a cavalo, e está o tempo inteiro bem... A gente soube pelo Pedro que trabalha lá.

É sempre ruim ouvir essas coisas. E todas as preocupações sumiram de repente. Mas, o Pedro soube amenizar tudo...

Minha mãe: Mas, Pedro, teve seqüelas?
Pedro: Ah, dona... Ele ficou com o braço e perna esquerda meio esquecidos...

Sempre esqueço muitas coisas, mas logo eu me lembro. Em breve, eles vão se lembrar também.

Nenhum comentário: